Domingo, 10 de Fevereiro de 2008
...

 

_Sempre acreditei que o medo pertencia aos outros... aos mais fracos... até acontecer a mim. Quando nos atinge, apercebemo-nos de que sempre lá esteve, esperando sob a superfície de tudo o que amámos. A pele arrepia-se, o coração oprime-se e, então, olhamos para a pessoa que fomos outrora, descendo a rua, e preguntamo-nos se alguma vez tornaremos a ser essa pessoa. (Erica)




_De cada vez que algo que amamos desaparece, morre um pedaço de nós. (Erica)




_Há muitas maneiras de morrer, mas é preciso decidir uma forma de viver. Isso, sim, é o mais difícil. (Josai)




_É esmagador descobrir que há um estranho dentro de nós, um estranho que usa os nossos braços, as nossas pernas, os nossos olhos. Que nunca descansa e continua a respirar, a comer, a... viver. (Erica)




- (...) no meu trabalho não faço nada "per bene".
- Antes fazia.
- Cresci.
(Jackie/Mercer)




- Como se consegue superar?
- Não se consegue (...) tornamo-nos outra pessoa... um estranho.
(Mercer/Erica)


**The Brave One - Valente **


...:

Publicado por Clementine às 13:35
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Profile
Outubro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

27
28
29
30
31


Post Frescos

Frase Filme Jogos, Trapaç...

Stuck in the 80's - Propa...

Stuck in the 80's - Filme...

...

Frase Filme Love & Sex

Where the Wild Roses Grow...

Frase Filme Pulp Fiction

O Primo Basílio

Filme O Setimo Selo

...

Baú

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Fevereiro 2008

Links
Pesquisar neste blog
 

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds