Domingo, 10 de Agosto de 2008
...

O Céu

O céu colabora na nossa vida íntima, vive connosco, acompanha-nos na mudança do nosso ser; é um confidente, é um consolador; invoca-se, fala-se-lhe. Olhar o céu é, nos nossos climas, uma ocasião de viver: instintivamente, voltamos para ele os nossos olhos. O poeta meridional, cheio de imagens e de cores, contempla-o; o burguês trivial, admira-o; pela manhã, abre-se a janela e vai-se ver o céu! É um íntimo sempre presente na nossa vida; o nosso estado depende dele: enevoado, entristece-nos; claro e lúcido, alegra-nos; cheio de nuvens eléctricas, enerva-nos. É no Céu que vemos Deus... E mesmo despovoado de deuses, é ainda para o homem o lugar donde ele tira força, consolação e esperança. A paisagem é feita por ele, a arte imita-o, os poetas cantam-no.

 

 

Eça de Queirós, in 'O Egipto'

 

 

 

My mood today:

 



Needing sleep

 

 


...:

Publicado por Clementine às 20:31
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Profile
Outubro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

27
28
29
30
31


Post Frescos

Frase Filme Jogos, Trapaç...

Stuck in the 80's - Propa...

Stuck in the 80's - Filme...

...

Frase Filme Love & Sex

Where the Wild Roses Grow...

Frase Filme Pulp Fiction

O Primo Basílio

Filme O Setimo Selo

...

Baú

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Fevereiro 2008

Links
Pesquisar neste blog
 

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds